CÂNCER DE PELE

Dermatologia Clínica

Câncer de pele

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Em 2018, a estimativa do INCA é de 85,1 mil novos casos entre os homens e 80,4 mil entre as mulheres desse tipo de câncer, o que totaliza 165,5 mil novos casos. Já em relação ao mais grave, o melanoma, ainda segundo o INCA, a projeção é de pouco mais de 6 mil casos, considerando ambos os sexos.

No câncer de pele não melanoma, as chances de cura são muito altas – mais de 90% – desde que a doença seja descoberta no início. Com o auxílio da tecnologia, o dermatologista pode oferecer um diagnóstico completo e ágil, duas características que são imprescindíveis para o prognóstico.